Get Adobe Flash player
Banner
Declaração de Fé
Notícias em Foco



brigasQuando as brigas da criança são freqüentes, o que os pais devem fazer? Os pequenos e as crianças de idade pré-escolar com freqüência brigam pelos brinquedos. Algumas crianças são premiadas involuntariamente pelo seu comportamento agressivo.

Por exemplo, pode ser que uma criança empurre a outra, jogando-a no chão e pegando seu brinquedo. Se a outra criança chora e se afasta, a criança agressiva se sente vitoriosa, já que conseguiu o brinquedo. É importante identificar se esse padrão está ocorrendo nas crianças agressivas.

 

Quando as brigas são freqüentes, isso pode ser um sinal de que a criança tem outros problemas. Por exemplo, pode estar triste ou alterada, ter problemas para controlar a coragem, ter sido testemunha de violência ou ter sido vítima de abuso no cuidado diurno, na escola ou em casa. As pesquisas têm demonstrado que as crianças que são fisicamente agressivas em idade muito pequena, têm tendência a continuar com este comportamento quando maiores. Os estudos também demonstraram que as crianças que são expostas à violência e à agressão repetidamente através da televisão, vídeos e filmes, agem de forma mais agressiva. 

  Se uma criança pequena tem problemas persistentes com a ação de brigar e de morder, ou exibe um comportamento agressivo, os pais devem buscar ajuda profissional de um psicopedagogo ou de outro profissional da saúde mental que se especialize na avaliação e tratamento dos problemas do comportamento das crianças pequenas.

 

O que se deve fazer com as crianças brigonas

- A intervenção precoce é muito mais efetiva. Não espere que a criança comece a mostrar comportamento mais agressivo. Intervenha logo que observar que a criança se sinta frustrada ou que esteja se alterando com facilidade.

- Quando as crianças pequenas brigam com freqüência, supervisem-nas mais de perto.

- Se uma criança bate em outra criança, de imediato separe os dois. Logo trate de consolar e atender a criança que foi agredida.

- Ao bebê que começa a andar (1 a 2 anos), diga-lhe: “Não bata. Dói quando você bate”.

- À criança pequena (de 2 a 3 anos), diga-lhe: “Eu sei que você tem coragem, mas não bata”. Isso começa a ensiná-la a empatia com as outras crianças.

- Não bata na criança se ela está batendo em outras. Isso a ensinará a utilizar um comportamento agressivo.

- Os pais não devem ignorar ou menosprezar as brigas entre irmãos.

- Ensine-os que a agressão não é a forma correta para conseguir o que se quer. Por exemplo: imaginemos o caso de dois meninos, um de 6 e outro de 4 anos de idade. O maior está jogando bola até que o menor aparece para tirá-la. E ali iniciam-se as brigas e gritos. O pequeno grita e esperneia porque quer a bola. Se intervirmos, exigindo que o maior conceda a bola ao mais pequeno, estaremos reforçando de uma maneira negativa, que o pequeno sempre esperneie e grite para conseguir o que se quer.

       Criar um fiho já não é fácil, mas educá-lo é muito mais desafiador. Isso irá requerer dos pais, não apenas conselhos, mas exemplos de vida no dia-a-dia, dedicação para aconselhamento, para diálogos, para ensiná-los sobre valores, e isso requer tempo, o que parece que os pais atualmente não dispõem. Devido a isso, e outros fatores, problemas comportamentais são cada vez mais comum.

[Fonte: Guia infantil]

    Queridos Pais,

   Não deixem de buscar a Sabedoria que vem de Deus, pois ela sim os ajudarão a educar os seus filhos com êxito! 

"Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar." (Deuteronômio 6:6-7)

 
Twitter icon

Veja o que está acontecendo na Igreja Batista Boas Novas - RJ

  • Loading...
Webradio

webradio

300x250_celular_android

Quem está Online
Nós temos 46 visitantes online
Cultos gravados
mensagens-audio-logo1
Intercessão
logo-intercesso
Login de Membros IBBN



Ministérios Relacionados
logo boas novas mundo.1

abertura

omeb

Facebook