MISSÃO – VISÃO

MISSÃO:

 – Fazer discípulos de Jesus

“Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.” (Mateus 28. 18 a 20)

VISÃO

– No poder do Espírito Santo ser uma comunidade referencial de Deus.

 “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém (Vila Isabel) como em toda a Judéia (Estado do Rio de Janeiro) e Samaria (Brasil) e até aos confins da terra (Todo o mundo), para levar libertação e cura as pessoas, transformando-as em autênticas seguidoras de Cristo, para que experimentem mudanças positivas em suas vidas, capacitando-as a serem, sempre, bênçãos para  outras pessoas” (Atos 1.8)

PRINCIPIOS

1º – A existência de um único Deus, que se manifesta em três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo, com a mesma  essência, poder e glória.

2º – A divindade e humanidade de Jesus Cristo, o único filho de Deus e único mediador entre Deus e os homens; Sua encarnação; Seu nascimento virginal; Sua vida sem pecado; Sua morte expiatória e vicária; Sua ressurreição corpórea, ascensão e intercessão pelos pecadores; Sua  pessoal e visível segunda vinda; a eterna bem-aventurança dos salvos e a punição eterna dos perdidos.

3º – A aceitação das Escrituras Sagradas como divinamente inspirada. Cremos na sua inerrância e a aceitamos como única regra de fé e conduta e final autoridade nestes assuntos.

4º A justificação somente pela graça, mediante a fé em Jesus Cristo.

5º – A responsabilidade individual diante de Deus.

6º – A santidade nos exatos termos estabelecidos na Bíblia.

7º – Os Dons Ministeriais e Espirituais dados a Igreja.

8º – A autenticidade e apostolicidade das igrejas.

9º – O conceito de igreja como sendo única universal e apostólica, que é o Corpo de Cristo na qual Ele, Jesus Cristo, é o cabeça. Sua formação: É formada de pessoas regeneradas e biblicamente batizadas; Sua representação no mundo: É representada pelas Igrejas e (ministérios) locais autônomas, independentes entre si; Seu governo: É governada e dirigida pelo Senhor Jesus; Sua autoridade: Foi outorgada pelo Senhor Jesus, que capacita pessoas com Dons Espirituais e Dons Ministerias, para dirigi-la nos moldes estabelecidos no Novo Testamento.

10º – A separação entre Igreja e Estado.

11º – A família formada, a partir do casamento bíblico, entre um homem e uma mulher.

12º – A absoluta liberdade de consciência.

VALORES

– Fé, Amor e Esperança.

“Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.” ( I Coríntios 13.13)

ESTRATÉGIA

“E disse o senhor ao servo: Sai pelos caminhos e valados, e força-os a entrar, para que a minha casa se encha.” (Lucas 14.23)

ALVO INDIVIDUAL

Cada membro um discípulo; cada discípulo um discipulador, cada discipulador um adorador; cada adorador um profeta.

%d blogueiros gostam disto: